Allure of the Seas

Já fiz alguns posts falando sobre como é um navio, mas quero contar um pouco da experiência que eu vivi no minha última viagem

Tudo começou porque eu queria realizar meu sonho de voltar a Disney, a ideia, porém, era esticar a viagem em NY. Acontece que na época do planejamento das férias eu estava atoa em casa (de férias também), e assistindo o canal TLC eu vi um programa chamado Cruzeiros Fantásticos (ou algo do tipo) e me apaixonei pelos navios da Royal Caribbean (o programa que eu vi era sobre um navio que ia para a China!!! AMEEEEEII). Programa acabou e eu fui pesquisar sobre navios, quando descobri que existia uma frota da Royal que tinha um carrossel feito a mão!!

image

Amor a primeira vista, desorientei, pesquisei tudo, pedi pro Papai Noel, conversei com meus pais e convenci a casa inteira!

Passagens compradas vamos a viagem!

image

O Allure of the Seas é o maior navio do mundo! E ele é interessante porque ele não tenta simplesmente ser o melhor do mundo, mas ele traz para dentro dele o há de melhor no mundo, então lá você toma um Starbucks, come um Johnny Rockets, assiste Chicago, vê shows do Blue Man Group e tem algumas atrações surpresas, no meu caso era uma banda que faz show em Las Vegas!

CABINE
Primeiramente vou falar sobre a cabine.

Eu, particularmente, gosto de ficar em cabine interna. Eu acho que cabine serve para dormir, só e exclusivamente, e detesto luz, então a cabine interna é um breu 24 horas por dia. Eu não gosto de varanda porque não posso olhar para o mar quando estou navegando, visto que tenho enjoo, então eu sou barata! A nossa cabine custou por volta de 750 REAIS por pessoa! Ela era pequena sim, não cabia duas malas grandes abertas no chão, mas eu fui feliz! Ela é confortável, tem duas camas King que podem ser juntadas para virar uma de casal, uma penteadeira, um iPod Dock (ah eu amei), chuveiro bom e quentinho, um sofá e ar condicionado potente! Por mim ta ótimo!

image

COMIDAS:
Nunca vi um navio com tantos restaurantes na minha vida!

Existem, claro, opções pagas (e se você for me perguntar, eu particularmente acho bobagem, tem tantas opções excelentes inclusas que eu não entendo porque pagar a parte! Além disso, você vai sair do Brasil, pra ir pra MIAMI, pra pegar um navio, para ir pro Haiti comer num restaurante de churrasco brasileiro? Não faz sentido).

O café da manhã era muito bom, mas eu enjoo fácil de comida americana. Na verdade eu não enjoo não, comeria torrada com bacon todos os dias, mas eu sempre viajo com a minha mãe, e ela é uma dessas pessoas vegetarianas e magras que dá inveja (por ser magra, não vegetariana). Aí eu chegava com uma fatia de bacon e ela falava
– Depois vai vir chorar para mim falando que esta gorda!
Eu ficava acanhada e tinha que comer bagel com manteiga light e suco de maçã, (aí sim eu enjoava).
Mas as opções são boas, vários tipos de pães, bacon, linguiça, batata frita (sim, batata frita)  presunto cozido (AMO!!!), cereal, leite, sopa, arroz, enfim.

Saindo de la você pode ir direto para a BordWalk comer Donnuts (mas a lojinha ficava aberta só até 11h então tem que correr) comi um de limão delicioso!

Durante o dia, o restaurante do café da manhã passava a servir o almoço (que eu, para falar a verdade, não via diferença do café da manhã), mas eu nunca ia lá.
Tinha um restaurante de comida saudável, com muitas opções de saladas (que eu tão pouco provei)

Tinha um restante TOP que servia salada (desses que são self service que você monta a sua própria salada) e também tinha opção de paninis (havia várias opções de sabores e você pede a que mais te agrada) e a sopa.
Detalhe, você pedia um panini e pegava um acompanhamento, tinha batata rufles, um salgadinho americano e DORITOS, SIM DORITOS DE GRAÇA – MORRI. Nesse restaurante eu comi muito! Amei os paninis

Mas o meu lugar preferido mesmo era a pizzaria! Sorrento’s volta para mim!!!! A melhor pizza da vida! E olha que pizza do navio costuma ser muiito ruim! Mas a de lá era tipo Pizza Hut, massa Pan, com uma pimentinha sensacional. Você pode comer a fatia ou montar sua própria brotinho (mas era tão grande que eu só cometi esse erro – delicioso – uma vez).

Além disso, sério não tem fim os restaurantes, havia um café 24 horas com opções de cafés e chás (acho que essa parte era paga a parte) e vários tipos de doces, inclusive o melhor cookies do mundo que eu consegui descobrir a receita e já passei aqui!

O jantar, pelo menos o meu, era sempre no restaurante principal. Você marca seu horário, não precisando ser aquele horário fixo e chato, então adaptávamos o nosso horário de acordo com a programação do dia. Cada dia o cardápio variava  (mudava o Chef que cozinhava também, e tinha um ingrediente que era o principal da noite) e tinha opção de entrada, prato principal e sobremesa. (nenhum dia eu consegui comer os três, mas revezava, um dia pedia entrada e sobremesa, no seguinte, entrada e principal, no outro principal e sobremesa, você entenderam)

Por fim as bebidas, elas são pagas a parte. Você pode fechar um pacote (que é a melhor ideia) custa em torno de 7 dólares por dia e te dá direito a beber tudo que a máquina da Coca tem a oferecer (deve ter uns 7 tipos de Coca, uns 5 de Fanta, vários sucos Del Valle, diversos sabores de Powerade, e Nestea). Aí você pode encher nas máquinas espalhadas pelo navio ou pedir para um garçom. (Não precisa ficar andando com seu copo pelo navio não, ele é mais um brinde, eles colam um adesivo no seu cartão e você mostra para eles saberem que você adquiriu o pacote).

Havia também o Johnny Rockets que é uma opção que você paga a parte um valor x e come os famosos hamburgueres, batatinhas, onion ring e milk shake.

Tem também uma lojinha de cachorro quente com um milhão de opções de molho.
Tudo isso incluso no preço.

E tem um Starbucks, com as mesmas opções que um lojinha em terra firme, mas é pago a parte.

ENTRETENIMENTO:

image

Mais ou menos dois meses antes de embarcar já pode marcar seu lugar e horário nos teatros, eu sou uma pessoa ansiosa, então marcamos tudo assim que abriu, mas você pode marcar quando embarcar ou chegar e ir ao espetáculo na hora (mas nesse caso você só entra se tiver vaga).

Nosso primeiro show foi o mais maravilhoso do navio, e eu não vou contar muito para não fazer Spoiler, mas é um show na piscina feita para o navio (é tipo a piscina do Oh, sabe? Aquela que muda de profundidade o tempo inteiro). Chama Oceanaria e se eu pudesse teria visto duas vezes. Ao reservar tome cuidado e pegue as cadeiras do meio porque se você ficar lá na frente tem chance de ficar mais molhado que quem está nadando.

Sobre este tema ainda, tem um dia no navio que eles fazem um tour nos bastidores do Oceanaria, eu recomendo a todos irem, é muito legal  você pode entrar nos bastidores mesmo, eles tiram dúvidas e explicam melhor o espetáculo. SENSACIONAL!

Nosso segundo show foi o Chicago. A Brodway só deixou o navio fazer o show se ela prometessem não mudar nada, então é incrível, melhor que ver em NY é ver o show igual ao de lá feito em alto mar! Incrível!

Pontos ruins: o show é longo então eu iria jantar primeiro. Outro ponto ruim que me atrapalhou demais é que o ar condicionado do teatro principal sai do chão, eu estava de vestido e sandália e tive a minha perna congelada, passei o tempo inteiro querendo que acabasse logo para eu não morrer! Então, vá de calça, meia, bota, para nada atrapalhar!

O terceiro show era de comedia, e nós preferimos não ir. Show de comedia em inglês, e os americanos tem um senso de humor bem diferente do brasileiro, então achamos melhor jantar mais tarde e ficar passeando pelo navio.

Quarto dia tivemos um surpresa ótima! O navio trouxe de Las Vegas um grupo musical que ganhou um desses reality’s show. Eles chamam Mo5aic e cantam tudo a capella! Muiiito bom, amei! Mas essa atração varia a cada viagem, é mais uma surpresa do navio para você. Já aconteceu de ir a Taylor Swift, então tem que ficar de olho.

No quinto dia tivemos show de patinação no gelo. Sensacional! Acho muito incrivel a variedade de shows, tem para todos os gostos. A ideia do show era ser um jogo de tabuleiro, no caso o Monoppoly. Os patinadores são incríveis, o único ponto ruim é que é um show bastante rapido, 40 minutos apenas.

O sexto, e último dia, teve o melhor de todos. Também é estrelado pelo Blue Man Group e faz realmente jus aos shows dele fora do navio. Não vou falar nada sobre ele para não atrapalhar a magica.

Dicas: Reserve o seu jantar pensando no seu show, mas não esqueça que o navio faz paradas, então leve isso em consideracao. Por exemplo, a gente preferia sempre jantar primeiro e depois ver o show, mas teve um dia que tinhamos que acordar as 06:30 da manhã para sair para excursão, então preferimos colocar o show primeiro, jantar um pouco mais tarde e depois dormir.

Além dos shows existem outras atividades espalhadas pelo navio. Existem duas boates, mas cada dia abre uma, geralmente elas funcionam mais tarde, a partir das 23h.

Existem bares temáticos com banda ao vivo, a minha preferida era a latina que tocava reggaeton.

Alén disso tem, a partir das 22:30, um Karaoke, muito divertido também, quem for no navio não deixe de passar por lá.

O que esta incluso? Basicamente tudo, a parte são as bebidas, as aulas de cupcake, os proprios cupcakes na lojinha especializada, Starbucks, os restaurantes especializados (tem um de comida asiatica, um italiano, uma churrascaria), algumas aulas específicas da academia (boxe, por exemplo), tratamento de estética e massagens. Fora isso, basicamente tudo esta incluso no preço.

Então temos vários restaurantes, vários cursos, todos os shows, a parede de escalada, o flowrider (maquina de ondas para você surfar – se você quiser aula para aprender a surfar voce paga a parte), tirolesa, cinema 3D, clubinho de recreação para crianças.

Ah, tem um ringue de patinação no gelo também! (Não tive coragem de soltar do corrimão, mas as voltinhas que eu dei foram ótimas! Não cai nenhuma vez)

image

Como era o meu dia? Dificil.
Acordava as 09:30, ia tomar cafe, comia uma torrada com bacon (quando minha mae não estava olhando), pedia um suco de maçã, descia para a Bordwalk para pegar um donnuts, e ia para a piscina chamada Solarium (piscina de adultos, com espreguicadeiras na sombra), lia, dormia, lia, dormia, entrava na piscina, dormia, lia, dormia, lia.

image

Ia no quarto tomar banho, descia para lanchar (umas 15 horas) comia pizza ou panini (prefiro pizza), comia cookies, enchia meu copo de Coca, lia a programação do navio e via qual curso eu ia fazer.

Ia esperava os personagens da Dream Works aparecerem para tirar foto e pegar um autográfo (tem shrek, fiona, gato de botas, pinguins de madagascar, kung fu panda entre outros).

image

Voltava pra cabine, tirava um cochilo, acordava as 19:30, arrumava para de noite, ia passear pelo Central Park (tem um andar inteiro no navio que é um parque, o navio tem, ao todo, 12 mil arvores), tomava um refrigerante e ficava no meio das árvores ouvindo o canto dos passarinhos

image

Depois ia passear na BoardWalk (um pier dos anos 50) andava de carrossel. E por fim ia encontrar a família na porta do nosso restaurante de jantar.

image
Depois saiamos de lá, iamos para um show, e depois iamos no karaoke e depois para o bar latino.
Por último dormir e esperar o dia seguinte.

image

Como voces podem ver, é uma vida maravilhosa e eu apaixonei profundamente pelo navio!

Indico a todos! É uma viagem maravilhosa!

Para o post não ficar muito grande eu posto depois dicas do que fazer nas paradas, ok?

E ai, alguma dúvida sobre o navio? Sobre algum outro navio sem ser o Allure?

 

Paula Bernardes

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s