Bacon Paradise

Acho que todo mundo que tem Facebook ou um mínimo acesso à internet já ouviu falar do Bacon Paradise.

Quando eu ouvia as pessoas falarem sobre lá, ficava com muita vontade de ir, afinal é uma casa de hambúrguer (quem lê o blog já deve ter percebido que eu amo) e todos os pratos têm bacon (não preciso nem dissertar sobre esse assunto, né?). Mas a minha vontade maluca de ir ao lugar ocorreu depois que eu vi uma resenha no Destemperados, falando sobre um rolinho primavera feito de, nada mais nada menos, que bacon, cheddar e pimenta jalapeño.

Para a minha sorte eu tenho um namorado com uma mente gordinha como a minha (na verdade não é sorte, a convivência o tornou assim) e aí uma terça feira estávamos na rua e corremos para lá.

Vi muita gente falando que lá era cheio, lotado, dava fila de espera, e, para a minha surpresa, ao chegar lá estava cheio de mesas, estava tão vazio que nem percebi que tinha chegado. Mas também não eram nem sete horas da noite, faz sentido! Sentamos na mesa e já tive a primeira surpresa positiva sobre o lugar: não tinha a decoração dos anos 50! Céus! Bato palmas e mais palmas para o dono deste lugar! Finalmente um lugar criativo!

(Inclusive alguém poderia me explicar porque todas as casas de hambúrguer são iguais? A prefeitura só dá o alvará quando se tem poltronas vermelhas, paredes azuis e um estilo da década de 50? Ou por acaso o hambúrguer foi descoberto nessa década e aí todo mundo ficou perdido no tempo?).

Enfim, sentamos e fomos atendidos por um garçom muito simpático, queria lembrar o nome dele para escrever aqui! Adoro garçons divertidos, que te fazem sentir bem vindos em um lugar, como se eles tivessem esperando você, sabe? O pedido, um pouco óbvio, os tais rolinhos primavera e um hambúrguer.

Imagem

Imagem
Pedimos o Eat Sweet: pão,hambúrguer, bacon – duh –, gorgonzola, deliciosa cebola caramelizada no mel e alface. E a carne muito mal passada, por favor!
A minha única reclamação sobre o lugar é que a minha entrada, os rolinhos primavera, e o hambúrguer vieram ao mesmo tempo, e os dois eram tão bons que eu tinha que ficar dividindo a minha atenção. Acho que poderia ter vindo um e depois o outro. Obviamente não atrapalhou em nada e, para vocês terem ideia, essa foi a única coisa ruim da noite, então o nome Paraíso está muito bem empregado no lugar.

Imagem

O rolinho primavera era realmente sensacional e foi o meu preferido. Apesar de ter pimenta, não era ardido, mas dava aquele sabor delicioso ao fundo. Siga a minha dica e peça-o.

Imagem

O hambúrguer também estava muito bom! Carne de verdade, alta, suculenta, mal passada no ponto que eu gosto! E o hambúrguer é gigante, prepare-se se resolver pedir um sozinho. Ah, as batatas fritas não são muito boas, confesso, não sei se dei azar, mas achei meio murcha. Isso não fez a menor diferença pra mim, mas já que estou falando a verdade, né?

E é Coca!! Tem como amar mais que isso? Bacon e Coca? Não, obrigada!
Ah! Os butequeiros também são lembrados no Bacon Paradise! Para felicidade de todos e alegria geral da nação, a casa tem cerveja de garrafa 600ml! Ou seja, além de comer muito bem, ainda dá pra tomar uma gelada sem gastar rios de dinheiro naquela long neck miserável! Ponto pro BP!

Então, Para Falar a Verdade…
Quem leu o texto acima já percebeu. Eu AMEI!
E inclusive posso dizer que eles estão competindo fortemente com o Duke! Finalmente achei um hambúrguer à altura do meu lugar preferido! E esse paraíso tem um diferencial o preço é muito bom! Eu paguei nesse hambúrguer gigante R$ 23,00!
Logo, eu fui, sonho em voltar, recomendo, e se o dono do lugar me chamar eu viro sócia!
Quando forem lá tirem fotos e me mandem (@parafalaraverdade)! Bom que eu já escolho o meu próximo prato!
Beijos,
Paulinha

Endereço: Rua Montes Claros, 1004 – Loja 4 (esquina com Rua Caratinga), Belo Horizonte 031 3327-4333

Facebook: https://pt-br.facebook.com/pages/Bacon-Paradise/524667147584741

Advertisements

5 thoughts on “Bacon Paradise

    • Para falar a verdade says:

      Aí, não sei como ele chamava, esqueço de perguntar.
      Vou ter que ir la novamente só pra descobrir se é o Otacilio! Hahahaha

  1. lulucampana says:

    Também não estava mais aguentando todas essas hamburguerias com a mesma decoração anos 50 norte-americana. E todas com o mesmo estilo de nome jack’s burguer, sam’s burguer, tommy’s burguer, eddie’s burguer. Falei que eu abrir um hamburgão do Zézão, só de raiva. hahahahahhaha
    Já estava louca pra conhecer o Bacon Paradise, depois de ler seus comentários fiquei mais louca ainda. Já to até planejando minha pedida pela foto do cardápio hahahahahahah

    • Para falar a verdade says:

      Hahahahaha

      Adorei o nome da hamburgueria!
      Pois é, finalmente eles variaram, ne?
      Quando você for lá conta aqui o achou! Espero que goste!

      Beijos,
      Paulinha

    • Raquel Marçal says:

      Lulu, lá em São Paulo tem um lugar que chama “Zé do Hambúrguer”, haha! A decoração é anos 50, mas é TANTO que parece que você entrou numa máquina do tempo (a não ser na hora de pagar, porq aceita cartão, rs. Além de ser bem carinho), e aí eu acho até legal. Pra vc ter idéia, eles não servem essas batatas fritas palito igual nos outros dinners porque na época não tinha isso. rs
      Mas também já fui no BP e lá é puro amor! Comida deliciosa, atendimento ótimo e preço excelente. Tipo, combinação perfeita mesmo. 🙂

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s