Dica sensacional – Tapioca

Imagem

Hoje não teremos exatamente uma receita, mas uma dica completa!

Eu sou apaixonada por tapioca. Fiz uma viagem recente para Recife e, desde que voltei, quis comer mais. Descobri no Instagram da Chata de Galocha que em BH vende a farinha de tapioca hidratada, ou seja, farinha pronta, que pode ser colocada na frigideira e está pronta! Desorientei e fui perguntar para a minha Nutricionista, que me autorizou a comer feliz, sem exagerar.Se a minha nutricionista deixou, eu acho que tapioca está liberado pra quase todo mundo! Hahaha

Bom, eu como duas vezes na semana, meus dias preferidos e os mais esperados. Então duas vezes na semana significa, na minha regrada e triste alimentação, o não exagero.

A farinha só é encontrada no VerdeMar (se alguém souber se vende em outro lugar me conta! Mas eu só achei lá).

E, choque geral, custa R$ 4,98! Melhor que isso, só dois disso!

Imagem

• Modo de preparo:

Peneire a farinha antes. Isso a deixará bem mais fina, menos massuda, e mais gostosa.

Coloque na frigideira, eu ponho com a frigideira fria, porque ela da “liga” muito rápido no fogo, então eu nunca tenho tempo de arrumá-la.Eu uso uma frigideira bem grande, espalho bem a farinha, para ela ficar fininha.

Ligo o fogão em fogo médio. (Eu só faço com recheio de queijo minas light e orégano).

Quando a farinha começa a ficar durinha (tipo 30 segundos depois que eu liguei o fogão), eu jogo o queijo ralado e o orégano, espero derreter um pouco e a fecho. Dessa forma o queijo derrete mais fácil.

Pronto!Simples, fácil, muito gostoso e com pouquíssimas calorias.

Observações:

– Mude o recheio:

a) Faça de doce de leite

b) De brigadeiro

c) De Brie com Parma

d) Mussarela com presunto

Lembrando apenas que as ideias acima não são lights, óbvio, mas melhor avisar, né? hehe

 – Eu faço com queijo minas light, e sempre acho muito sem sal, a solução que eu achei para esse problema foi o orégano. Mas pode usar outras ervas também.Eu estou aprendendo a não colocar sal, e a trocá-lo por ervas, por que é melhor. Então fica uma dica mesmo. É isso, tenho certeza que farei muitas pessoas felizes com esse post! Qualquer dúvida me avisem!

Beijos e ótima semana,

Paulinha

(Essa semana eu vou viajar, então, infelizmente, teremos só um post! Mas semana que vem voltaremos!)

Advertisements

Café Rojo

Imagem

Eu sempre fico de olho no site da Vejabh para ver se sai alguma novidade de restaurante.

Semana passada eu achei uma reportagem de um Café , na  Av. Afonso Pena, que tinha um risoto de gorgonzola com filé e batata frita por R$ 39,00 (PARA DUAS PESSOAS)
Obviamente desorientei! Esse é meu prato preferido: arroz, bife e batata!
Agora troca o arroz por risoto que vira festa!

Chegou sexta feira, eu e o Lucas resolvemos ir ao cinema (assistir Homem de Ferro – amei! Melhor super heroi ever!), e resolvemos comer no tal Café Rojo antes!

Quando chegamos eu percebi que é no Prédio da Oi! Quis desistir de ir, por que meu pavor da Oi é tão grande, mais tão grande, que estar no mesmo prédio que funciona a telefonia já me deixa nervosa!

Depois de várias respiradas profundas para acalmar (a Oi realmente me tira do sério), e uma passadinha no Museu de Telecomunicações, entramos no Café.

É muito legal por dentro, uma arquitetura super moderna.

Imagem

Sentamos na nossa mesa, o garçom trouxe o cardápio e eu fui logo procurando meu risoto! Mas percebi que o preço era de 29,90. Indaguei ao garçom se era para dois e ele me falou que a Veja publicou errado, o prato não serve dois e não era aquele preço, mas eles estavam fazendo especificamente o risoto com gorgonzola do jeito que saiu na revista.

ImagemImagemImagem
Achei muito legal essa atitude do dono do Rojo, ele poderia muito bem colocar a culpa na Revista veja e não se adaptar. Já fui em vários restaurantes que fizeram isso. Gostei muito dessa atitude, achei que foi o certo e honesto a fazer.

Pedimos então o prato principal e uma entrada.

  • Entrada

Imagem
Pasmem, a entrada custou 3,90! Nem eu acredito!
São 4 torradinhas com o molho do dia,quando eu fui era um molho de alho poró com alho crocante, parmesão ralado e alguns cubos de gorgonzola.
Muiiito gostoso, e nunca vi um preço assim! Gente 3,90 não é o preço de um folhado em muita lanchonete! Achei sensacional!

  • O Prato Principal:

Imagem
O prato principal chegou! A primeira vista fiquei com a impressão que seria pouco, mas como eu estava pagando R$ 20,00, achei que estava justo.
A carne, mal passada, do jeito que eu amo! Risoto perfeito! Batatas quentinhas e crocantes!
Achei delicioso!
Quando eu acabei de comer percebi que estava satisfeita – para os sinceros: lotada! Hahahaha
Juro que acho que foi a refeição com melhor custo benefício da minha vida!

Então, Para Falar a Verdade:
Eu adorei! (To falando que to numa fase muito boa)

  • Tinha coca! MARAVILHOSO
  • Não sei por quanto tempo eles vão fazer o prato pelo preço da revista, perguntei pro garçom, mas ele não soube responder. De qualquer forma, o preço verdadeiro é muito bom! 30,00 num risoto com batata e carne de boi! Acho difícil alguém achar um preço mais justo que este.
  • eles tem delivery! Entregam pizza e o risoto (não entendi até agora como isso daria certo, mas fica a informação)
  • Funciona um teatro no lugar, para quem interessar vale a pena dar uma pesquisada pra ver se tem alguma coisa legal
  •  Do lado tem um Museu de Telecomunicação, achei muito legal! Fui ver a exposição do Futebol! Curti, vale a pena gastar um tempinho antes
Telefone: (31) 3223-6132

Ps:Depois fomos direto para o cinema.

O filme do Homem de Ferro é sensacional!

Quem é o Homem de Ferro perto do Batman! (Lucas não vai curtir essa parte, mas é verdade! #ficaadica)

Imagem

E você tem um super herói preferido? Você faz parte do Team Iron ou Team Batman??
Hahahaha…
Falando sério agora!
Espero que tenham gostado do post!
E não esqueçam de quando forem nos restaurantes marcarem o instagram do blog!
Beijos,
Paulinha

Receita de Pizza

foto

Eu amo pizza, acho que poderia viver à base dessa comida maravilhosa!

Durante um tempo, eu e o Lucas comprávamos a massa pronta, fazíamos o molho de tomate e o recheio.

Era uma delicia, e provamos todos os tipos de discos de pizza prontos, até achar um bem gostoso, que não tinha gosto de biscoito, sabe?

Fazer a pizza assim é muito bom, fica bem barato, você escolhe seus sabores e quase não tem trabalho.

Mas meu pai empolgou em fazer a massa da pizza. Foi um feriado inteiro na base disso, com várias receitas diferentes, várias pizzas ruins. Chegamos a achar que nunca acertaríamos, até que…. Uma receita finalmente deu certo.

Eu sou sincera, então: não é fácil! Maaas é divertidíssimo!

Então, se ficar ruim, vale super pela diversão de se sujar de farinha e jogar a massa pro alto rodando.

Vou colocar a receita da massa e várias sugestões de recheio, ok?

Receita da massa (rende 4 pizzas grandes):

  • Ingredientes:

– 1 kg de farinha de trigo

– 30g de fermento

– 3 ovos inteiros

– 1 copo de óleo

– 2 colheres de sopa de açúcar

– sal a gosto

– água até formar consistência

  • Modo de preparo:

– Misture a farinha, a água, o açúcar e, por último, os ovos o óleo e o fermento.

(Nós usamos o multi processador da Walita para misturar a massa. É mágico com ele! Só colocar os ingredientes e, aos poucos, a massa toma forma. Mas para quem não tem, é paciência mão na massa! Momento incentivo: pode até pular o exercício de braço na academia da semana!)

Misture beeeeem, até ela se soltar da mão, ou seja, parar de ficar grudenta.

Corte em 4 bolas do mesmo tamanho.

E agora é a parte mais difícil para mim: deixe descansar por uma hora.

Gente do céu, eu sou muito ansiosa, essa é a hora mais demorada de todas! Hahaha!

Eu coloco a massa dentro o microondas que está quentinho e ajuda como uma estufa.

(nesse meio tempo você pode fazer os recheios).

Depois de descansada, abra a massa com o rolo, até ficar da espessura desejada. Para isso, o ideal é usar uma bancada ou mesa de mármore. Espalhe bastante farinha sobre ela para a pizza não grudar. Feito o disco, coloque na forma, ponha o molho de tomate, o recheio e leve para assar na temperatura alta. Pra quem gosta de borda, é só tirar uma parte da massa, enrolar, e colocar em volta, ou mesmo dobrar as beiradas do disco. Dá até pra rechear a borda!

Não vou nem arriscar falar o tempo que a pizza deve permanecer assando, já que isso varia MUITO de forno pra forno. Quando o queijo estiver bem derretido e a borda começando a ficar douradinha, é essa a hora. Quanto mais quente o forno estiver, mais rápido, então vale a pena pré-aquecer o forno.

Uma dica muito boa: pra quem gosta da pizza com a massa mais gordinha, vale a pena deixar a massa por alguns minutinhos no forno antes de colocar o molho de tomate e o recheio. A massa vai dar uma crescida e ficar mais gordinha.

 

Receita do molho:

Molho de tomate é uma coisa bem fácil de fazer. Na internet você acha várias receitas boas. Pros preguiçosos, no supermercado vende um molho de tomate de saquinho específico para pizzas da Pomarola. E é bem gostoso, vale a pena usar ele. O nosso molho de tomate é diferente, ele nem vai ao fogo. Pra quem quiser fazer igual, é só bater no processador/liquidificador quatro tomates italianos com duas colheres (sopa) de azeite, duas colheres (chá) de açúcar (pra quebrar a acidez do tomate) e sal e manjericão a gosto. O molho fica bem mais fininho, não é aquele molho de tomate grosso tipo de lata.

Dicas de Recheios:

 

Imagem

  • Margherita:

Espalhe o molho de tomate e 150g de mussarela. Corte o tomate o mais fino que conseguir e distribua como quiser sobre o disco. Leve a pizza para o forno e quando estiver pronta, jogue o manjericão.

frango com catupiry

  • Frango com catupiry:

Espalhe o molho de tomate e 150g de mussarela. A gente usa um frango desfiado pronto congelado. É só seguir as instruções de descongelamento da embalagem e ele fica até bem gostoso. Se você preferir, é só cozinhar o frango normalmente e desfiar. Dá muito mais trabalho, né? Espalhe o frango por todo o disco da pizza e não economize no catupiry. Compramos um catupiry que já vem no saquinho com a ponta de tubinho, sabe? Fica bem mais fácil a aplicação na pizza.

Imagem

  • Lombinho canadense:

Distribua o molho de tomate e 150g de mussarela. O lombinho canadense defumado você acha em qualquer supermercado ou padaria. Espalhe pela pizza e capriche no catupiry por cima.

Imagem

  • Brigadeiro e M&M’s:

Coloque o disco para assar sem nada, só a massa, até que fique com uma corzinha.

Prepare o brigadeiro e, com ele ainda quente, espalhe sobre a pizza pré-assada. O brigadeiro tem que sair do fogo direto para a pizza, senão ele endurece e fica difícil de espalhar na massa. Deixe no forno por uns três minutinhos, tempo suficiente para o brigadeiro derreter um pouco mais e a pizza ficar mais corada. Tome muito cuidado para não queimar. Retire do forno e jogue os M&M’s por cima. Volte para o forno por mais uns 2 minutos, para que o M&M derreta por dentro. Não deixe muito tempo senão o M&M’s derrete por fora e estraga a festa.

O bom dessa pizza é que o confeito quente explode na boca! Minha preferida de longe!

Imagem

  • Calabresa:

Espalhe o molho de tomate e os 150g de mussarela. Corte a calabresa bem fininha e coloque sobre a pizza. O melhor dessa pizza é que você pode cobrir ela toooda de calabresa, sem aquela miséria de pizza Sadia.

Imagem

  • 3 queijos:

Coloque o molho de tomate e os 150g de mussarela. Corte o brie em fatias finas, coloque sobre a mussarela. Complete com o catupiry.

Para quem na está nem ai no regime, já enfiou o pé na jaca até agora, coloque cubos de gorgonzola e a sua pizza vira 4 queijos. Não coloque muito, esse queijo é muito forte e muito salgado. Se você quiser, invente, e faça a sua pizza virar 5, 6, 7 queijos.

Imagem

  • Alho poró e cream cheese:

Coloque só o molho de tomate, essa pizza não tem mussarela. Corte o alho poró em rodelas, separe os anéis e passe em uma frigideira com azeite.

Pegue colheres do cream cheese e jogue sobre a pizza, coloque o alho poro por cima.

Essa pizza é maravilhosa, não tem mussarela, é super diferente, mas o cream cheese é muito cremoso e fica ótimo!

Imagem

  • Brigadeiro branco:

Asse a massa sozinha, sem nada, até que fique com uma corzinha.

Faça um brigadeiro branco (que nada mais é que o brigadeiro normal sem chocolate em pó) e coloque imediatamente na pizza. O esquema aqui é igual ao da pizza de brigadeiro normal.

Minha mãe gosta de banana, então colocamos banana na parte dela. (Não colocamos a banana no forno, então não sei o ponto, nem quanto tempo deveria ficar).

Eu, gordinha, claro, cortei pedaço de bis branco e coloquei na minha! Invente!

Essas são só algumas opções! Usem a sua imaginação e inventem seus recheios! Espero que vocês gostem! Eu adorei fazer pizza!

Joguem farinha para o alto, passem no nariz, tirem foto e coloquem no instagram! Como sempre, marquem o blog (@parafalaraverdade)!

Não esqueça de nos seguir no Face também, damos várias dicas legais por lá, vale a pena!

https://www.facebook.com/parafalaraverdade

Quem ficar com preguiça de fazer a massa, compre a pronta mesmo e use uma das nossas sugestões de recheio.

E, se é pizza, é italiano!

Se é italiana a música é da Itália:

http://www.youtube.com/watch?v=2LaWgQmvRpE

‘Volare, oh oh

Cantare, oh oh oh oh “

(Aceito vídeo com dancinhas da musica!!!)

Salumeria Central

logo
Sábado eu saí super tarde de casa, e, em BH, querer comer tarde significa FILA!

Depois de várias tentativas frustradas, resolvemos ir à Salumeria Central.

O lugar tem várias opções de queijos e embutidos, além de massas. Um cardápio diferente e gostoso.
balcao

Chegamos lá por volta das 22h40, e tinha – apenas – nove mesas na frente. O desespero bateu, mas eu estava com fome, e isso significa estado profundo de mau humor. Os supermercados estavam fechados e fiquei com medo de procurar um outro lugar mais vazio e a cozinha estar parando de funcionar. Então fechei o zíper do meu casaco, respirei fundo, e enfrentei bravamente a espera.

O engraçado do lugar é que como é muito cheio, ficam várias cadeiras na calçada, aí as pessoas pedem um vinho, uma entrada e começam a comer ali mesmo.

cardapio 1

cardapio 2

cardapio 3
Eu adorei tudo do cardápio, e acho que tudo tem um preço muito bom, mas estava com tanta fome que não conseguia decidir o que pedir.

Achei muito legal a porção Do Brasil, que é uma seleção de queijos brasileiros com mel. Até aí ok, mas vem uma frigideira de ferro, muito quente, para derreter o queijo! Sensacional! E a casa, muito espertamente, esquenta a frigideira quando ela esfria, então pode comer tranquilamente, sem pressa.

Para acompanhar o queijo eu pedi uma porção de pães da casa.

Quase todo mundo bebia vinho. Eu, claro, pedi uma Coca KS (achei absurdo custar 5,00 para 240ml de coca, mas tudo bem).

mesa
Me senti acalentada com a garrafinha de Coca ao meu lado e fiquei esperando a mesa vagar e meu pedido chegar, sentadinha na cadeira do lado de fora.

Enquanto isso, ficamos olhando a vista do lugar. Gente, é lindo! Fica na Rua Sapucaí, em cima da estação central do metrô, uma vista de tirar o folego!
A mesa vagou até rápido (uns 40 minutos), e foi sentar que o prato chegou.

944166_10200706043830140_1513050260_n

A porção Do Brasil é muito gostosa, vem uma quantidade boa de queijo. A nossa frigideira chegou meio fria, então não tivemos a linda surpresa do queijo derretendo. Pedimos para trocar (demorou um pouco, mas imagino que a frigideira de ferro demore bastante para esquentar), e voltou pelando. Aí sim, foi mágico colocar o queijo e ver borbolhas!

paes
A porção de pães tem um tamanho bom, mas não vem nem uma manteiguinha. Ou seja, pra pedir ela tem que ser acompanhando alguma coisa mesmo. Delicioso, diferente das porções convencionais, ele vem com palitinho de biscoito, croissant, pão ciabata, foccaccia, pãozinho redondo com ervas.

Eu comeria mais, muiiiito mais. Só que a cozinha fechou no meio do meu queijo. O garçom foi na mesa avisar e perguntar se tínhamos mais algum pedido, mas eu tenho um pouco de aflição de resolver as coisas na pressa, então preferi não pedir mais nada. Quando voltar quero pedir a porção de queijos estrangeiros e a porção de embutidos.

lugar
O ambiente do lugar é incrível! É super escuro, e tem luminárias rústicas. Achei divertido que tem duas televisões no teto com a imagem de lâmpadas. Eu ri quando vi, sou boba e não nego!

935700_10200706047230225_636937910_n

Bom, para falar a verdade…
Eu gostei muito! Ando num momento de sorte com os lugares que eu tenho ido comer, no inicio do ano era só desastre.

Achei a comida gostosa, o atendimento bom. Já aviso que demora, mas isso é padrão em BH. A espera para mesas é bem longa, então chegue cedo ou faça reserva ou vá preparado! Para quem for na cara e na coragem, pegue uma cadeira, faça de mesa, e já comece os pedidos. Leve blusa de frio (eu congelei quando fui) e tire fotos da vista.

Se for beber refrigerante lá tem Coca e Guarapan, mas vá com a mente aberta para gastar dinheiro. A bebida é bem cara.

Suco é de latinha, mas tem um de laranja natural. O top da casa, mesmo, são os vinhos. Pra quem gosta, é o paraíso!

Espero que vocês gostem também!
Não esqueçam de comentar!
Beijos,
Paulinha

Panhoca

Imagem

A receita de hoje é uma queridinha e, para mim, é mais do que sensacional!

É uma panhoca, um nome feio para algo maravilhoso.

Sabe aqueles pães redondos que a gente compra no supermercado? (Geralmente tem no Verdemar e em alguns Super Nosso). Ele é a base da nossa receita, chama-se panhoca, por isso o nome estranho do prato.

Agora imagine eles sem o miolo, com queijo dentro, tipo fondue.

Continue imaginando que quando o queijo acabar você comerá o pão molhado de queijo. É tipo um fondue que a melhor parte é quando ele acaba e você pode comer a panela!

Imagem

Eu gosto de fazer com molho de gorgonzola (não sei se alguém já reparou, mas eu tenho uma fixação com esse queijo), mas dá pra fazer de outros sabores. Queijo brie me parece uma opção muito boa!

Você pode fazer também com tiras de Filé mergulhadas no queijo.

A receita serve tanto para a mini panhoca (porções individuais), quanto para a panhoca grande (comem 4 pessoas de aperitivo, claro que quatro pessoas que não sejam esfomeadas).

Imagem

Vamos à receita.

·         Ingredientes:

– Panhoca – 1 grande ou 3 pequenas

– 1 pote de requeijão

– 1 caixinha de creme de leite

– 300g de gorgonzola

– 4 bifes de filé

– Pães variados

·         Modo de fazer:

Corte a tampa da panhoca e tire todo o miolo de dentro dela e reserve tudo (inclusive o miolo). Tire o máximo de miolo possível, para caber mais queijo, mas tome cuidado para não furar o pão.

Coloque, em fogo médio, o requeijão, creme de leite e o gorgonzola e mexa bastante. O creme que formará é bem ralo. Se preferir assim, é só esperar o queijo derreter; Se quiser mais firme, misture por mais tempo até ele encorpar.

Eu prefiro mais firme, mas nesse caso ele fica mais salgado, porque evapora um pouco, mas o gorgonzola fica, então é melhor usar um pouco menos do queijo, aproximadamente 270g.

Se for fazer com o filé, é opcional, passe ele na frigideira – QUENTE, UM POR UM, APENAS SELANDO. PORQUE CARNE BOA É MAL PASSADA – depois de pronto, corte em tiras e misture no molho.

Voilà! Está prontinho! Agora coloque esse molho dentro do pão e seja feliz!

Eu compro outros pães para comer com o molho, tipo fondue mesmo.

Imagem

Simples, fácil e maravilhoso!

Façam, tirem fotos e, como vocês já sabem, copiem o instagram do blog (@parafalaraverdade).

Comentem se gostaram ou se tem outra opção de queijo! Eu vou adorar saber e, quem sabe, até variar!

·         Dicas:

– Compre uma cerveja bacana, uma coca gelada, e aproveite o petisco em grande estilo.

– Pepsi não é Coca, não é legal e não pode ser! (Não tem nada a ver, mas gosto de enfatizar esse ponto).

– Coloque uma música boa para tocar, cozinhar sem música não é tão legal. Eu ando numa fase bem jazz. Então fica uma playlist para ouvir enquanto cozinha:http://www.youtube.com/watch?v=Zx1jU8e97ao

Imagem

Osteria Gusto

Nós já estávamos planejando ir à Osteria Gusto há um tempo. Numa bela sexta-feira, toda aquela animação e pesquisa do melhor lugar para ir, entrei no Face do restaurante e descobri que ele faz parte do Viva Mesa . Perfeito!

Imagem

Chegamos lá e só tinha casal, fiquei muito impressionada com isso – Veja, já temos opção do melhor lugar para ir a 2.  Todas as mesas estavam ocupadas, exceto uma redonda, linda, mas que cabiam 8 pessoas. Eu não achei certo ocuparmos uma mesa tão grande só para nós dois, então ficamos esperando uma vagar.

Obs: o Paulo, que nos recebeu, foi muito simpático, inclusive nos deu a opção de sentar na mesa grande e de, se quiséssemos, depois trocar por uma de dois lugares. Achei isso de uma delicadeza enorme. Acho que estou tão acostumada com a falta de educação que a gentileza me impressiona. De qualquer forma, preferimos esperar, e estava uma noite gostosa, foi bom ficar um tempinho ao ar livre.

O lugar é lindo, o ambiente interno é pequeno, mas as mesas são espaçadas, então fica confortável. Tem também mesinhas na calçada, uma delicia. Mas o que me encantou mesmo foi o lustre do lugar, eu sou tipo a louca dos lustres, desde pequena eu adoro!

Imagem

No dia que nos fomos, um garçom tinha faltado, o atendimento foi demorado, mas o lugar era tão lindo, e todos foram tão simpáticos com a gente, que nem percebia a demora.

E é importante levar em conta que muitas vezes a gente escolhe ir no restaurante em um dia ruim, temos que ter paciência mesmo. Eu fui no único dia que o garçom não foi, falta de sorte, ne? Acho que se estivesse num dia com pressa teria tido uma impressão não muito boa, mas quando você sai para comer tem que levar em conta alguns problemas eventuais. Ainda bem que eu permaneci lá, dessa forma pude provar a comida maravilhosa. Claro que o bom atendimento foi essencial, o Paulo e o garçom explicaram a situação e nos atenderam, dentro do possível com uma pessoa a menos, de uma forma ótima! Isso para mim contou muito!

O que mais me chamou atenção no restaurante, alem do lustre vermelho, foi o preço do cardápio, muito justo para uma comida italiana em Lourdes.

(A foto do cardápio ficou muito ruim, desculpa!)

Imagem

Imagem

Nós pedimos de entrada um Carpaccio. Ele estava gostoso, mas fiquei invejando as bruschettas das mesas ao lado. Acho que compensa mais pedi-las.

Imagem

Para o prato principal nos pedimos:

Risoto alla salsicha e Erbe – R$ 36,00

Imagem

Era um risoto de lingüiça e ervas, maravilhoso! Tinha muita lingüiça, funghi e o risoto veio al dente. Tempero ideal. Uma explosão de sabores, eu amei!

Tagliatelle Alfredo e Paillarde – R$ 45,00

Imagem

Lembra da receita do Alfredo que a gente deu semana passada? Então, comemos aqui a nossa massa preferida! A carne é a mais macia que já comi, é um bife fino, mas derretia na boca, e muito mal passado! Perfeito para mim! Já o Fetuccini eu acho que faltou um pouco de tempero, não sei, quem sabe um pouco de sal ou pimenta. acho que estou acostumada com o meu mesmo. Não acho que comprometeu o sabor não, mas podia ter ficado mais incrível.

Imagem

A casa tem Coca, Heineken, Stella, Devassa e um suco de uva que parecia muito bom (e fazia sucesso, várias pessoas pediram). Para quem gosta, eles tem uma carta de vinhos bacana também.

Para mim está perfeito, se tem Coca estou feliz. Pro Lucas também estava perfeito. Tem Heineken, ele está feliz.

Para falar a verdade…

Eu adorei o lugar, achei a comida ótima. A Gusto é do mesmo dono do Benvindo, inclusive é o mesmo Chef. Adorei o preço, achei bem justo. E uma coisa que achei legal é que eles não inventam no prato. Não tem molhos esquisitos e ingredientes que você precisa entrar no Google pra descobrir o significado. É simples e maravilhoso!

Isso sem mencionar a super simpatia e gentileza do Paulo, o gerente, que nos atendeu extremamente bem e nos deu muita atenção, mesmo com a casa cheia e um garçom a menos.

Eu fui, indico e quero voltar.

 E você, conhece a Osteria Gusto? Compartilhe com a gente as suas experiências! Bom apetite!

Não esqueça de tirar fotos e nos marcar no instagram (@parafalaraverdade)

Petit Gateau Gigante

Hoje é nosso mesversário!

Primeiro mês de vida do nosso blog!

Imagem

Fiquei muito feliz de ver o retorno da nossa brincadeira. Comecei achando que falaria mais sozinha, um monólogo sobre comida, e, para a minha surpresa, tivemos quase 6000 visualizações nesse primeiro mês!

Muito obrigada a todos que visitaram, compartilharam, mandaram fotos no Instagram. Obrigada por cada palavra de carinho e incentivo!

Como hoje é dia de festa, temos receita de BOLO!

Não é um bolo qualquer, é do meu site preferido de receitas o http://moldandoafeto.com

Temos aqui um bolo que é mais um petit gateau gigante! Por dentro ele é molhadinho e cheio de chocolate derretido! Eu sempre como com sorvete, então fica a dica!

Imagem

Vamos à receita:

  • Ingredientes:

6 ovos

150g de açúcar refinado

250g de chocolate (ela usa um chocolate belga bem forte e cheio de cacau – escolha um chocolate mais forte, de boa qualidade, que encontrar)

125g de manteiga sem sal

  • Modo de preparo:

Coloque o forno para preaquecer a 180º.

Coloque os ovos inteiros para bater com o açúcar. É necessário bater muito, cerca de 20 minutos em velocidade baixa na batedeira. Esqueça a batedeira, coloque um tampão no ouvido e dance uma música feita na sua cabeça para o tempo passar. Enquanto os ovos estão batendo, derreta o chocolate com a manteiga, no microondas, colocando de 30 em 30 segundos até que esteja derretido. Quando acabar e o ovo estiver bom, misture os dois.

Pegue uma forma pequena (essa receita é para 6 pessoas). A forma tem que ser pequena para o bolo crescer para cima e ficar fofinho, se for muito baixa a massa espalha muito e não fica com tanta graça. Unte a forma com margarina/manteiga e cubra com papel manteiga. Leve ao forno pré-aquecido a 180º e asse de 10 a 15 minutos. O importante é o bolo NÃO cozinhar por dentro, ficar mais uma casquinha em volta mesmo. Sirva de preferência quente. O bolo é tão mole que não dá nem muito pra desenformá-lo sem fazer bagunça.

Obs: você sempre vai achar que ele está cru! Então siga a receita direitinho e quando o tempo acabar, tire o bolo do forno. Do contrário ele vai assar mais por dentro e perder a magia do chocolate derretendo.

Imagem

Bom apetite e boa festa!